Israel liberta dois reféns argentinos em operação em Gaza; Hamas diz que ação deixou 67 mortos

  • 12/02/2024
(Foto: Reprodução)
Segundo os militares israelenses, reféns libertados são dois homens de 60 e 70 anos de idade. Autoridades de Gaza acusaram Israel de matar dezenas na operação, que ocorreu em Rafah, no extremo sul da Faixa de Gaza. Semana passada, Netanyahu anunciou plano de ocupar cidade. Israel resgata dois reféns na Faixa de Gaza As Forças de Defesa de Israel libertaram nesta segunda-feira (12) dois reféns argentinos durante uma operação na cidade de Rafah, no extremo sul da Faixa de Gaza. O governo local, controlado pelo Hamas, acusou o Exército israelense de ter matado 67 pessoas durante a operação, conduzida durante a madrugada de segunda-feira (12), pelo horário local — noite de domingo (11), no Brasil. ✅ Clique aqui para seguir o canal de notícias internacionais do g1 no WhatsApp O governo de Israel não havia se manifestado sobre a acusação até a última atualização desta notícia. Segundo os militares, os reféns são dois homens, identificados pelo governo argentino como Fernando Simon Marman e Louis Har. Ambos também têm nacionalidade israelense e haviam sido sequestrados pelo Hamas em 7 de outubro de 2023, quando o grupo terrorista invadiu o sul de Israel, matando 1.404 pessoas e sequestrando centenas de outras. O episódio deu início à guerra entre Israel e o Hamas, que já completou quatro meses. "Os dois estão em boas condições médicas e foram transferidos para a realização de exames no hospital Sheba Tel Hashomer [em Israel]", disse, em comunicado, o Exército israelense. Em comunicado, o governo argentino agradeceu a Israel pela operação. O presidente argentino, Javier Milei, visitou Israel na semana passada. "Durante a sua visita ao Estado de Israel, o presidente Javier Milei reiterou ao presidente Isaac Herzog e ao primeiro-ministro Benjamin Netanyahu o pedido de libertação de cada um dos reféns argentinos e continua a manter firmemente a sua condenação do terrorismo do Hamas", diz o comunicado. Israel afirmou que 134 reféns continuavam sob poder do Hamas. Desde a semana passada, os dois lados tentam negociar um novo acordo de trégua em troca de devolução de reféns, mediados por Egito, Catar e pelos Estados Unidos. Segundo o jornal argentino "Clarín", Edan Begerano, parente de um dos reféns, disse que os dois resgatados já reencontraram a família no hospital para o qual foram levados. O argentino Fernando Simon Marmas, que foi sequestrado pelo Hamas e libertado por Israel na Faixa de Gaza em 12 de fevereiro de 2024. Associação de Parentes de Reféns e Desaparecidos via AP O argentino Loius Har, que havia sido sequestrado pelo Hamas e foi libertado pelo Exército de Israel em 12 de fevereiro de 2024. Associação de Parentes de Reféns e Desaparecidos via AP Operação com mortos As autoridades locais de Gaza acusaram Israel de ter matado 67 pessoas durante a operação. O Exército israelense não havia dado detalhes da operação até a última atualização desta notícia, mas testemunhas ouvidas pela agência de notícias Reuters afirmaram que aviões, tanques e navios fizeram parte da operação e atingiram duas mesquitas e residências. Rafah é a última cidade ao sul de Israel e faz fronteira com o Egito. Na sexta-feira (9), o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, ordenou que o Exército israelense preparasse um plano de retirada da população civil de Rafah. Rafah é considerada também o último refúgio de cerca de 1,5 milhão de pessoas - quase toda a população da Faixa de Gaza - que desde o início da guerra entre Israel e o Hamas deixaram o norte, o centro e outras cidades do sul do território palestino por conta de bombardeios e ações por terra do Exército de Israel. Netanyahu anunciou que pretende ocupar toda a cidade temporariamente e que, por isso, pediu o plano aos militares. Segundo o premiê israelense, Rafah é o último bastião do Hamas e, portanto, o último front de batalha. O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, pediu para que Netanyahu não atacasse Rafah sem um plano para a proteção de civis. Helicóptero transferiu reféns de Gaza para Israel, em 12 de fevereiro de 2024 Forças de Defesa de Israel 'As pessoas de Rafah não sabem para onde ir', diz chefe de agência da ONU VÍDEOS: mais assistidos do g1

FONTE: https://g1.globo.com/mundo/noticia/2024/02/11/israel-faz-operacao-em-rafah-e-liberta-dois-refens.ghtml


#Share

Applications


Speaker on Air

Request Music

Top 5

top1
1. ENÈJI NOU SANBLE

Dener Ceide / Zafem

top2
2. MEA CULPA

Arly Larivière / Nu Look

top3
3. DLO DOUS

Dener Ceide / Zafem

top4
4. OU PA VLE

Michel Guirand / Vayb FT Baky

top5
5. SE OU L YE

Trouble Boy FT Anie Arlete

Advertisers